Projeto Reencontros

351
1min de leitura

10 meses.

Sem tocar. Sem sentir, sem cheirar, abraçar, beijar.

Para alguns amigos e membros da família, já distantes pelo hábito ou a falta dele, até mais.

10 meses reduzindo os 5 sentidos a 2.

Tentando ouvir o toque e ver o cheiro.

Na sensação que o pior passou o isolamento cede timidamente e eu pergunto: como é encontrar um parente, o pai, a avó, o amigo isolado em outra cidade ou no bairro vizinho, passado tanto tempo e receio pela vida do outro?

A quarentena acomodou as diferenças? Aquietou as desavenças? Fez brotar compaixão na rigidez do pensamento?

Eu não só acredito que sim como quero fotografar esse turbilhão de sensações e histórias em choque com a presença física, os pés no chão com os sapatos na porta, a voz embargada e o alívio por estarem todos na mesma foto, outra vez.

Não perca esse momento - nem fique fora da história com o celular na mão.

O Projeto Reencontros tem todo o meu carinho - e todos os cuidados em respeito à pandemia.

Condições especiais para datas até junho 2021, clique no balãozinho verde do whatsapp e peça uma proposta personalizada. 😉

13 Set 2020

Projeto Reencontros

Comentar
Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Copiar URL

Tags

família pandemia quarentena reencontro reunião de família

Quem viu também curtiu

03 de Fev de 2021

Enfim, humanos.

12 de Set de 2020

Baú de Marionetes

Logo do Whatsapp